sábado, 22 de setembro de 2007

Algumas sugestões de reciclagem de micros caseira

O seu computador antigo que está encostado no canto do quarto é tão velho que nem pra caridade serve mais? Rodar o win 3.11 nem pensar? Não se preocupe, temos abaixo algumas sugestões de reciclagem para o seu dinossaurico dispositivo de calculos complexos, ou seja, o que ele apenas é em relação aos micros de hoje, uma calculadora gigante... com mais teclas... ou uma máquina de escrever moderna, va lá... mas que agora só serve para acumular pó...

Aproveite...

sábado, 15 de setembro de 2007

RoHS e WEEE — Aspectos Essenciais

Um pouco mais sobre RoHS e WEEE

Introdução— O que são RoHS e WEEE?
Os nomes completos destas importantes diretivas da União Européia são:
RoHS: Diretiva 2002/95/EC do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de janeiro de 2003 sobre a Restrição do uso de certas Substâncias Nocivas em equipamentos elétricos — Esta Diretriz restringe o uso de substâncias nocivas (chumbo, mercúrio, cádmio, cromo hexavalente, PPB e PBDE) em equipamentos eletro-eletrônicos no estágio de fabricação e produção. A Diretriz RoHS significa que produtos contendo as substâncias restritas terão de ser reprojetados ou removidos em Julho de 2006.
WEEE: Diretriz 2002/96/EC do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de janeiro de 2003 sobreWaste Electrical and Electronic Equipment (Descarte de Equipamentos Eletro-eletrônicos— Esta diretriz abrange o tratamento e reciclagem de equipamentos eletro-eletrônicos. Ela foi criada para encorajar a reutilização e reciclagem de WEEE e reduzir a quantidade de WEEE sendo descartada. A Diretriz WEEE exige que os fabricantes paguem ao menos pela coleta de seus produtos no fim de sua duração, estabelecendo pontos centrais e cumprindo as metas de reutilização, reciclagem e recuperação.

Clique aqui para ver a matéria completa.

sábado, 1 de setembro de 2007

Celulares reciclados abrem novos mercados

Com o número de celulares ultrapassando a marca de 2 bilhões no mundo todo, os aparelhos reciclados têm tido um papel importante na expansão da comunicação móvel em países pobres, onde as linhas normais podem ser custosas demais ou inacessíveis.

Com sede em Michigan, nos Estados Unidos, a companhia ReCellular Inc. recebe cerca de 75,000 celulares usados por semana, a maioria arrecadada em fundos de caridade, e reaproveita as peças para vendê-las ao redor do mundo.

"O fato de poder combinar um negócio lucrativo com um serviço de utilidade pública é uma relação de duplo ganho," disse o Vice Presidente da empresa, Mike Newman.

Em 1991, quando a Recellular foi fundada, havia 16 milhões de pessoas com celulares no mundo, em 2005, essa cifra já havia crescido para mais de dois bilhões, quase o dobro de linhas de telefonia comum. Naquela época, a empresa lidava com poucas centenas de aparelhos por mês.

Os telefones são, em boa parte, doados em boas condições e funcionais, já que os americanos trocam de telefone por modelos mais novos com freqüência, em média a cada 18 meses. Cerca de 60% dos aparelhos que chegam à empresa são reutilizáveis, o resto tem suas partes aproveitadas ou é vendido como lixo.

Hoje, cerca de 80% dos habitantes do planeta moram em regiões com cobertura de telefones celulares.

Fonte:
InfomediaTV